jul 14, 2017
Publicado por: Emmy
Nenhum Comentário

O Universo Estendido da DC pode ter dado um grande passo na direção certa com a Mulher-Maravilha de Patty Jenkins, mas ainda há um longo caminho para a divisão de filmes de super-heróis da Warner Bros. Um dos projetos mais problemáticos da franquia foi, ironicamente, um dos mais esperados, The Batman. Após a saída de Ben Affleck como diretor, o filme encontrou um novo piloto em Matt Reeves.

Infelizmente, o projeto deu mais alguns passos para trás. Enquanto as mentes criativas por trás do projeto asseguraram aos fãs que o filme está bem encaminhado, os vários atrasos e a falta de uma data de lançamento deixou o fandom preocupado com o futuro do filme. Esses problemas estavam nos dizendo que Bruce Wayne simplesmente não teria chance de voar sozinho no DCEU?

Felizmente, não parece que seja assim. Uma excelente notícia agora sugere que o filme tenha uma estrutura criativa muito mais forte do que pensávamos.

Matt Reeves fez uma aparição no podcast Happy Sad Confused da MTV. Lá, ele revelou algumas informações surpreendentes: o roteiro original de The Batman, escrito por Geoff Johns, Ben Affleck e Chris Terrio, tinha sido descartado. Em vez disso, Reeves está começando do zero com uma nova história inteira.

“É uma nova história. Está apenas começando novamente. Estou entusiasmado com isso. Eu acho que vai ser muito legal.”

Uau. Isso nos deixa com muitas perguntas, sendo a principal se o Joe Manganiello ainda será parte do projeto. Curiosamente, ele expressou dúvidas quanto à sua parte alguns meses atrás. Agora, tenha em mente, há muito pouca informação à nossa disposição sobre a história para fazer um palpite. Então, em vez disso, vamos nos concentrar em como as coisas chegaram a esse ponto. Pode ser difícil acreditar que Geoff Johns e Ben Affleck desistiram de seu script com tanta facilidade, mas não foi um caminho fácil para chegar lá.

De acordo com o Splash Report, Reeves disse a Geoff Johns e à Warner Bros que queria um controle criativo total sobre o projeto e rejeitou trabalhar com o roteiro de Affleck, Johns e Terrio. Felizmente para o diretor, o estúdio finalmente concordou com seus termos:

“Quando eu entrei, o que eu disse foi:” Olhe. Antes de tudo, você está me perguntando se eu estou interessado nesta franquia. Estou […] sempre gostei desde que eu era criança. Mas aqui está a maneira pela qual eu estou interessado nela. E se você não está interessado nessa maneira, então está tudo bem. E a boa notícia foi, eles disseram: “Sim, estamos realmente interessados nesse jeito”.

Reeves continuou a explicar que sua prática de ser completamente claro com os estúdios e aderir à sua visão vem de seu desejo de trabalhar em algo que ele realmente era apaixonado, em oposição a algo que foi imposto pelos outros:

“Você gasta muito do seu tempo colocando-se em algo, e se não funcionar, é um pesadelo, certo? Eu posso falhar por todas as razões por causa de mim. Eu não quero falhar por causa de algo que eu não acredito em primeiro lugar – porque não vou saber como fazê-lo […] É assim que tenho que fazer isso para que eu me sinta confiante nas minhas escolhas. E, por isso, estou feliz, mesmo que seja de uma maneira um pouco rabugenta”