jul 18, 2017
Publicado por: Higor
Nenhum Comentário

Ben Affleck esteve presente na premiação do Starkey Hearing Foundation em St. Paul, Minnesota, no domingo (16) à noite . O ator-diretor foi homenageado pelo Prêmio Anual de Caridade por seu trabalho humanitário de longa data com Eastern Congo Initiative.

Affleck diz às pessoas que trabalhar com o povo congolês tem sido “uma das maiores e mais inspiradoras experiências da minha vida”. (Veja mais em suas perguntas e respostas abaixo).

A Starkey Hearing Foundation, que traz aparelhos auditivos para pessoas necessitadas nos EUA e em todo o mundo, levanta milhões de dólares com o evento anual, onde este ano Steven Tyler e Darius Rucker se apresentaram.

Em 2009, Ben fundou a ECI, uma organização de concessão e advocacia focada em investir e trabalhar com o povo do leste do Congo. Um dos muitos projetos do grupo tem se associado com a Starkey Hearing Foundation para trazer aparelhos auditivos que mudam a vida para as pessoas na área devastada pela guerra. Ele também testemunhou ante o Congresso quatro vezes para defender o envolvimento internacional dos EUA e o Congo no Congo.

Antes do evento, Ben respondeu algumas perguntas sobre o seu trabalho no Congo:

Recentemente você visitou o Congo pela décima vez. Quais foram algumas das pessoas mais memoráveis ​​que conheceu nessa viagem?

No mês passado passei uma tarde com um grupo de mulheres e meninas em Goma que sobreviveram a terríveis violências sexuais. A mais nova tinha apenas sete anos. É impressionante e inconcebível. Mas, diante do estigma e da intimidação, essas mulheres e meninas estão trabalhando com nosso antigo parceiro local DFJ [Dynamique des Femmes Juristes, que defende os direitos das mulheres] para provocar uma verdadeira justiça. Para se levantar no tribunal, não só em nome de si mesmas, mas de suas irmãs, suas filhas, suas comunidades… Você gasta tempo com essas mulheres e meninas – você ouve suas histórias, e palavras com coragem tomam um novo significado.

O que você conta aos seus filhos [Violet, 11, Seraphina, 8 e Samuel, 5] sobre suas viagens ao Congo? Como você os relacionam com as pessoas que você está ajudando e com o trabalho que você está fazendo?

Eu acho que ajudar meus filhos a expandir sua consciência sobre outras culturas, lutas e questões fora de sua própria e fora de nosso país é uma das responsabilidades mais importantes que tenho como pai e como cidadão – agora mais do que nunca, por isso a faço. Com cada viagem que faço, eu sempre tento ter em mente que não só tenho a chance de encorajar mudanças positivas no Congo quando eu vou, mas também elevar um nível de apreciação, consciência, empatia e reciprocidade dentro da minha própria casa. Por sua vez, meus filhos são incríveis – sempre perguntando um milhão de coisas, querendo ver fotos e ouvir histórias. Mal posso esperar que eles tenham idade suficiente para experimentar o Congo por si mesmos.

O que te deixa mais esperançoso sobre o país e o trabalho que você está fazendo lá?

Mais do que tudo, é o trabalho árduo e o empenho dos congoleses em melhorar seu país. Ver a paixão e a capacidade de tantos que desejam trazer um futuro melhor para seus filhos e comunidades é uma das maiores e mais impressionantes experiências da minha vida até agora. Eu mantenho o trabalho do Eastern Congo Initiative em facilitar a ascensão do café (a especialidade do Congo) ao mercado global como uma alegria particular – tem sido incrível ver o que a dedicação desses agricultores, suas cooperativas engenhosas e o investimento socialmente consciente da Starbucks podem fazer para transformar a região.

Você e a Eastern Congo Initiative se associaram com a Starkey Hearing Foundation há anos – por que o acesso das pessoas a meios auditivos é tão importante? Você conheceu alguém ajudado pelos aparelhos auditivos?

HEAL é um hospital de gestão congolesa no coração de Goma, e nós apoiamos seus esforços para não só fornecer tratamento, mas para treinar novos profissionais de saúde para ajudar a aumentar esse atendimento para mais de 42.000 mulheres e crianças. HEAL também é um parceiro vital das missões de audição da Starkey para o Congo, que deu o dom de ouvir a mais de 1300 pacientes e forneceu consultas e apoio para mais centenas de pessoas. É o deleite da vida ver quando alguém ouve pela primeira vez. A Starkey Hearing Foundation possui anjos.

Ben recebeu o mesmo prêmio que sua ex-esposa Jennifer Garner recebeu no passado. Sua filha de 11 anos, Violet, brincou quando a família descobriu que ele receberia o prêmio:

“Quando eu disse à minha filha mais velha que eu ia ganhar esse prêmio, ela disse: ‘Sim, papai. Mamãe já tem esse”, disse Ben durante seu discurso.

Confira em nossa galeria algumas fotos da passagem de Ben pela premiação:

Aparições & Eventos > 2017 > Starkey Hearing Foundation | 16-07

Fonte